• YouTube
  • Facebook
  • Twitter

06/01/17 15:52

Jeanzinho projeta nova chance em 2017 e 'garante' o Bahia na Libertadores

Goleiro ficou marcado por falha na final da Copa do Nordeste de 2015.
WhatsApp
O goleiro Jean disputou 19 partidas pelo Bahia, mas é como se tivesse jogado só uma. Promessa da base tricolor, o garoto era titular na temporada de 2015 quando tomou um frango na final da Copa do Nordeste que foi crucial para a derrota tricolor para o Ceará por 1x0, na Fonte Nova. Jean perdeu a posição pouco depois e passou 2016 no banco de reservas. Agora, com a saída de Muriel, ele renova a meta de ser o titular do gol do Bahia em 2017.

Jean vai começar jogando no primeiro compromisso do time na temporada, dia 12, contra o Wolfsburg, pela Flórida Cup, nos Estados Unidos. Está em vantagem na concorrência com Anderson, que chegou durante a Série B do ano passado para ser o terceiro goleiro e renovou contrato. O clube busca um goleiro no mercado, que não chegará a tempo de disputar o torneio amistoso.

Jean está confiante. Reconhece que o tempo de preparação física é muito curto, mas afirma que fará de tudo para mostrar que pode ser o camisa 1. “Dia 12 vou deixar minha vida em campo para sair com o resultado positivo”.

A ousadia é uma das marcas do jovem goleiro de 21 anos. Nesta sexta-feira (6), Jean revelou uma conversa que o técnico Guto Ferreira teve com ele no Fazendão. “Ele não quer um Bahia para brigar por rebaixamento. Quer um Bahia para disputar o título e, se não for possível, a Libertadores. Ele queria também saber se eu pensava assim. Falei: ‘claro’. Até brinquei com o presidente nas férias, encontrei ele, falei que seríamos campeões brasileiros. Ele perguntou: ‘Você me dá o título?’. Falei: ‘Vou tentar. Se não der, a Libertadores com certeza’”.

Jean contou um pouco mais da conversa com o treinador. “Ele falou que no ano passado, quando Muriel chegou, não foi particular, é um grande goleiro, disputou Libertadores, não vinha para ficar no banco. Eu pude fazer três jogos, mudou um pouco da minha imagem. Muriel veio, aprendi bastante para assumir a posição em 2017”.

Além do Bahia, ele espera voltar a vestir a camisa amarelinha, com a qual foi titular na campanha do vice-campeonato mundial sub-20 em 2015. Com 21 anos, porém, não dá mais para pensar na sub-20. “Sou novo, mas já penso em estar na Copa de 2018. Se não sonhar, a gente não alcança. Esse é o meu sonho. Com certeza estarei na Seleção Brasileira novamente”.

Correio da Bahia.

mais notícias » Leia também