• YouTube
  • Facebook
  • Twitter

18/05/17 12:35

Edson Fachin proíbe Aécio Neves de deixar o país; passaporte será recolhido

O senador aguarda ter acesso ao conjunto das informações para prestar todos os esclarecimentos.
WhatsApp
Além de afastar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) do cargo, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), proibiu o tucano de deixar o país e determinou o recolhimento do seu passaporte. Além disso, Aécio também não pode manter contato com qualquer outro investigado ou réu denunciado pelos empresários Wesley e Joesley Batista, sócios da JBS.

O presidente nacional do PSDB é acusado de ter pedido R$ 2 milhões em propina aos empresários. Em nota, Aécio disse estar "absolutamente tranquilo" sobre as denúncias. "O senador está absolutamente tranquilo quanto à correção de todos seus atos. No que se refere à relação com o senhor Joesley Batista, ela era estritamente pessoal, sem qualquer envolvimento com o setor público. O senador aguarda ter acesso ao conjunto das informações para prestar todos os esclarecimentos", disse.


mais notícias » Leia também