• YouTube
  • Facebook
  • Twitter

19/05/17 07:51

Após denúncias contra Temer, Arthur Maia suspende tramitação da reforma da Previdência

O texto já havia sido aprovado na comissão especial e aguardava apenas votação no plenário.
WhatsApp
O relator da reforma da Previdência, Arthur Maia (PPS-BA), afirmou nesta quinta-feira (18) que, após as denúncias divulgadas contra o presidente Michel Temer, “não há espaço” para se avançar na tramitação da matéria no plenário da Câmara dos Deputados. 

“De ontem para cá, a partir das denúncias que surgiram contra o presidente da República, passamos a viver um cenário crítico, de incertezas e forte ameaça da perda das conquistas alcançadas com tanto esforço”, disse, em nota divulgada à imprensa. Segundo o parlamentar, só após o esmiuçar dos fatos, será possível avaliar a retomada da reforma.

 “É hora de arrumar a casa, esclarecer fatos obscuros, responder com verdade a todas as dúvidas do povo brasileiro, punindo quem quer que seja, mostrando que vivemos em um país em que a lei vale para todos. Só assim é que haveremos de retomar a Reforma da Previdência Social e tantas outras medidas que o Brasil tanto necessita”, finaliza Maia. 

O texto já havia sido aprovado na comissão especial e aguardava apenas votação no plenário da Câmara dos Deputados. Nesta quinta, o ministro da Cultura, Roberto Freire, correligionário do deputado, decidiu entregar o cargo, enquanto o titular da Defesa, Raul Jungmann, também do PPS, resolveu continuar no governo. Entretanto, há sinais de que a sigla possa desembarcar completamente da administração de Temer.

Bahia Notícias.

mais notícias » Leia também