• YouTube
  • Facebook
  • Twitter

19/05/17 13:52

Considerado foragido, empresário do goleiro Bruno é acusado de assassinar enteado

O crime aconteceu na tarde desta quinta-feira (18), no município de Matozinhos, em MG.
WhatsApp
O empresário do goleiro Bruno, Lúcio Mauro de Melo Rodrigues, passou a ser suspeito do assassinato de seu enteado, o jovem Rodrigo da Silva Almeida, de 20 anos. O crime aconteceu na tarde desta quinta-feira (18), no município de Matozinhos, em Minas Gerais. 

Segundo informações do UOL, citando a Polícia Civil local, Rodrigues e a esposa foram ameaçados por Rodrigo antes do assassinato, versão que foi confirmada pela mãe da vítima, em depoimento. "Segundo testemunhas do crime, o autor do disparo irá se apresentar à polícia. Mas como ainda não recebi ligação de nenhum advogado, ele é considerado foragido", explicou o delegado Ednelton Carracci em entrevista ao Hoje em Dia. 

De acordo com a Polícia Militar, Rodrigo era usuário de drogas e já tinha passagem na polícia por tráfico. Rodrigues é conhecido por defender o goleiro Bruno na negociação que lhe garantiu o habeas corpus e a contratação no Boa Esporte. Mas a liberdade do jogador já foi revogada e ele voltou para a prisão, onde cumpre pena pelo assassinato de sua amante, Eliza Samúdio.

mais notícias » Leia também