• YouTube
  • Facebook
  • Twitter

12/11/17 15:23

Em despedida, Popó ganha mesmo sendo derrubado e internautas suspeitam de 'luta comprada'

O baiano enfrentou o mexicano Gabriel “El Rey” Martinez.
WhatsApp
O que era para ser uma noite de festa se transformou em drama para Acelino Popó Freitas, que realizou sua luta de despedida na madrugada deste domingo (12), na Arena Olímpica Guilherme Paraense, em Belém do Pará. O baiano enfrentou o mexicano Gabriel “El Rey” Martinez e levou a melhor após decisão dos árbitros, encerrando a carreira com vitória. 

Porém, o resultado deixou os internautas com "pulga atrás da orelha", já que o brasileiro passou por momentos de sufoco durante o confronto, chegando até a ser derrubado. Em outra parte da luta, Popó foi verdadeiramente "salvo pelo gongo" e escapou de ser nocauteado após uma sequência de golpes do mexicano que deixou o baiano tonto nas cordas do ringue. 

Com isso, a decisão dos árbitros passou a ser criticada nas redes sociais. No Twitter, até outro pugilista brasileiro, o Esquiva Falcão, considerou que Acelino perdeu o combate. "Na minha marcação ganhou mexicano.  A todo respeito para o Popo . Sempre será nosso campeão", comentou na plataforma digital. 

A opinião foi a mesma de outros internautas, que também aproveitou para criticar a postura da esposa do lutador, Emilene Juarez, na beira do ringue. Nitidamente nervosa, a moça não parava de gritar e chegou muitas vezes a bater no tablado pedindo reação do baiano. 

Carreira
Independente do resultado da sua última luta, Popó defende uma carreira invejável e histórica no boxe mundial. Aos 42 anos, ele fez sua primeira luta no dia 14 de julho de 1995, vencendo o adversário por nocaute aos 34 segundos do primeiro round. Em sua sexta luta, Popó foi campeão do Mundo Hispano pela WBC (Conselho Mundial de Boxe), e ainda conquistou o título latino da IBF (Federação Internacional de Boxe).

Em 1998 foi campeão brasileiro na categoria Super-leve. Em outubro de 1998 foi campeão do título NABO, titulo regional da WBO (Organização Mundial de Boxe), ao vencer o mexicano José Luis Montes por nocaute no primeiro round. No dia 7 de agosto de 1999, com cartel de 20-0 (20 nocautes), Popó conquistaria seu primeiro título Mundial. A luta ocorreu na França contra o campeão, lutador do Cazaquistão, Anatoly Alexandrov, valendo o título Mundial super-pena da WBO. 

Bocão News.

mais notícias » Leia também