conecte-se conosco




ESPORTE

Com Dudu e Daniel Jr., Vitória soma 19 desfalques no departamento médico desde o início da Série A

Cáceres está recuperado e relacionado para enfrentar o Juventude. Lista conta com repetições, como Camutanga, Dudu, Rodrigo Andrade e Iury Castilho

Compartilhe

Publicado

em

Foto: Victor Ferreira/EC Vitória

Os recentes problemas físicos de Dudu e Daniel Jr. são apenas a ponta do iceberg de um Vitória que tem convivido com desfalques relacionados a departamento médico desde o início da Série A do Campeonato Brasileiro. No total, o ge levantou que o clube perdeu jogadores machucados ou lesionados por atacado desde o início da competição, fator que contribui para a campanha de apenas dois pontos conquistados em sete rodadas, em 19º lugar.

O levantamento só considera os novos problemas físicos de um duelo para outro do Brasileirão. Com Dudu e Daniel Jr. como presenças do DM e baixas para enfrentar o Juventude, o Rubro-Negro soma um total de 19 problemas físicos e médicos que impediram jogadores de entrar em campo.

Só Camutanga, Dudu, Rodrigo Andrade e Iury Castilho se machucaram duas vezes cada um. Os números assustam porque é como se o Vitória tivesse 2,7 novos atletas lesionados por jogo.

Confira a lista:

Cáceres
Felipe Vieira
Everaldo
PK
Dudu (duas vezes)
Camutanga (duas vezes)
Luiz Adriano
Rodrigo Andrade (duas vezes)
Iury Castilho (duas vezes)
Willian Oliveira
Osvaldo
Mateus Gonçalves
Bruno Uvini
Léo Gamalho
Daniel Jr.

Vencer é fundamental
O número elevado de peças no DM também contribuiu para a difícil sequência de dez partidas sem vitórias do Leão, que ainda não chegou ao fim e já resultou na demissão de Léo Condé e a consequente contratação de Thiago Carpini.

O novo treinador tem duas derrotas e um empate em três jogos e, até agora, finalizou apenas a histórica sequência de seis derrotas seguidas, a pior dos últimos 86 anos, com o empate diante do Cuiabá, em jogo atrasado da segunda rodada da Série A e disputado na última quarta-feira.

Nesta terça-feira, contra o Juventude, em Caxias do Sul, Carpini vai para o quarto jogo com uma grande necessidade de vencer para diminuir a diferença de três pontos em relação ao 16º colocado, o primeiro clube fora do Z-4, que atualmente é o Criciúma, com cinco pontos.

Para a partida contra o Juventude, além de Dudu e Daniel Jr., o Leão não poderá contar com Everaldo, Léo Gamalho, Rodrigo Andrade, Bruno Uvini, Mateus Gonçalves e Iury Castilho, que se recuperam de seus respectivos problemas físicos. São oito baixas já confirmadas para a oitava rodada, enquanto as dos jogos anteriores serão detalhadas nas linhas abaixo.

Lista atual de desfalques do Vitória por problemas físicos:

Dudu: dores no joelho;
Daniel Jr.: lesão na coxa esquerda;
Bruno Uvini: transição física;
Iury Castilho: transição física;
Rodrigo Andrade: entregue ao DM por problema na panturrilha;
Léo Gamalho: transição física;
Mateus Gonçalves: entregue ao DM por entorse no joelho;
Everaldo: transição física;

Ge Bahia

Compartilhe
CONTINUE LENDO

ESPORTE

Bahia arranca empate com o Criciúma e continua na perseguição da liderança do Brasileirão

Com a igualdade, o Esquadrão de Aço somou 18 pontos.

Compartilhe

Publicado

em

Foto: Rafael Rodrigues / EC Bahia

O Bahia segue na perseguição da liderança do Campeonato Brasileiro. O Tricolor saiu atrás com 2 a 0 no placar, mas arrancou o empate com o Criciúma em 2 a 2, na noite deste domingo (16), no Heriberto Hülse, pela nona rodada. Marcelo Herme e Arthur Caíke marcaram para os donos da casa, mas Everaldo e Caio Alexandre deixaram tudo igual para o time baiano.

Com a igualdade, o Esquadrão de Aço somou 18 pontos e caiu para o terceiro lugar na tabela de classificação, um a menos do novo líder Botafogo. Na zona de rebaixamento com seis, o Tigre caiu para a 18ª colocação.

Na 10ª rodada do campeonato, o Bahia visita Flamengo, que é o segundo colocado também com 18 pontos, na próxima quinta-feira (20), às 20h, no Maracanã.

Bahia Notícias

Compartilhe
CONTINUE LENDO

ESPORTE

Com gol no final, Vitória consegue primeira vitória contra o Internacional

Os gols do Leão foram marcados pelo volante William Oliveira e pelo zagueiro Wagner Leonardo.

Compartilhe

Publicado

em

Crédito: Victor Ferreira/EC Vitória

Foram 77 dias desde que o torcedor do Leão comemorou a última vitória na temporada. 77 dias de empates, derrotas e uma eliminação na Copa do Brasil. Para acabar com a sina dos rubro negros, coube a William Oliveira e Wagner Leonardo o papel de devolver o sorriso ao estádio Manoel Barradas contra o Internacional neste domingo (16). O gol dos gaúchos foi marcado por Wesley, ex-jogador do Leão. Antes da bola rolar, o Vitória era a única equipe do Campeonato Brasileiro sem conseguir vencer.

Com o resultado, o Leão chega aos seis pontos e ocupa a 18ª posição da competição, empatado com Fluminense, Vasco e Grêmio. Porém, o saldo de gols inferior aos rivais mantém a equipe no Z-4. Depois de, enfim comemorar, o Vitória agora concentra seus esforços para a partida contra o Atlético-MG, também no Barradão. A bola rola nesta quinta-feira (18), às 18h30.

Conteúdo Correio

Compartilhe
CONTINUE LENDO

ESPORTE

Bahia encara o Criciúma de olho na liderança do Campeonato Brasileiro

Fora de casa, Esquadrão busca mais três pontos na Série A

Compartilhe

Publicado

em

Crédito: FELIPE OLIVEIRA/EC Bahia

O Bahia segue na caça ao líder do Campeonato Brasileiro. Depois de vencer o Fortaleza e manter o embalo no torneio, o Esquadrão tem pela frente mais uma chance de assumir a primeira posição da Série A. O oponente da vez é o Criciúma, adversário deste domingo, às 18h30, no estádio Heriberto Hülse, em Santa Catarina, pela 9ª rodada.

Atual segundo colocado do Brasileirão, o tricolor chegou aos 17 pontos e está empatado com o Flamengo, que lidera o campeonato por ter melhor saldo de gols. O Bahia completou sete jogos de invencibilidade na principal competição do país e vai buscar fora de casa os pontos que precisa para se manter no topo da tabela.

O time baiano tem conseguido manter a regularidade mesmo nos compromissos como visitante. Das quatro partidas que fez longe dos seus domínios no Brasileirão, o Esquadrão perdeu apenas uma, para o Internacional, no Beira-Rio, logo na estreia. Depois disso, empatou com Vitória e Atlético-MG e venceu o Botafogo, por 2×1, no Engenhão.

Para o técnico Rogério Ceni, o ponto alto para a boa fase é a entrega dos atletas. Logo depois do triunfo sobre o Fortaleza, ele reconheceu que a equipe não fez um grande jogo, mas destacou a luta até o final para conseguir o resultado.

“Eles entendem, acho que chegaram no ponto de entender que o talento só não sobrevive. A união da marcação, o que mais evoluímos foi sistema de marcação. Houve uma evolução de entrega de caras que são diferentes tecnicamente, mas se sujeitam a voltar, a marcar […] É um sistema valioso, mas que precisa ser muito bem executado”, disse o treinador.

Apesar do retrospecto, internamente elenco e comissão técnica pregam pés no chão e foco diante do Criciúma. Será o terceiro encontro entre os times na temporada. Pela Copa do Brasil, o Bahia levou a melhor e venceu o Tigre nas duas partidas da terceira fase: 1×0, na Fonte Nova, e 2×0, em Santa Catarina. No duelo fora de casa, o tricolor suou e só marcou os gols no fim do jogo. Por isso, o pedido para entrar em campo ligado.

“Todos os jogos do Brasileiro são muito difíceis e, se tratando do Bahia, todo mundo quer marcar individual, tirar a qualidade do nosso meio de campo… Mas com resiliência, com os jogadores do banco, isso mostra a força do grupo. O professor Rogério tem dado várias instruções para a gente desempenhar o melhor. Às vezes, não vamos jogar tão bem, mas temos que vencer os jogos. Precisamos nos manter no topo para ir em busca do título brasileiro”, pontuou o goleiro Marcos Felipe.

Assim como foi diante do Fortaleza, o Esquadrão terá mudanças no duelo fora de casa. Machucado, o zagueiro Kanu forçou o terceiro cartão amarelo e está suspenso. Rezende e Cuesta disputam a posição ao lado de Gabriel Xavier. Quem também será ausência pelo terceiro cartão é o meia Carlos de Pena. Nos Estados Unidos com a seleção da Colômbia, o lateral Arias completa a lista de desfalques.

Por outro lado, o Bahia tem um retorno importante. O meia-atacante Thaciano está à disposição após cumprir suspensão. Ele é o artilheiro do time na temporada, com nove gols. Rafael Ratão, que foi vetado da última partida por conta de um quadro de gastroenterite, também deve ser relacionado.

CRICIÚMA

Enquanto o Bahia mira a liderança do Brasileirão, o Criciúma tenta a recuperação no campeonato. O Tigre vem de três derrotas seguidas, com direito a goleada por 5×2 em casa para o Cuiabá. A sequência ruim deixa a equipe catarinense na 17ª colocação, dentro da zona de rebaixamento, com cinco pontos. O time tem dois jogos a menos.

Apesar de lamentar o momento, o técnico Cláudio Tencati levanta a bandeira de que o clube não pode perder a convicção no trabalho. Diante do Esquadrão, o Criciúma terá os retornos do zagueiro Rodrigo e do lateral Trauco. Já o meia Fellipe Mateus e o atacante Felipe Vizeu estão machucados e serão desfalques.

Correio da Bahia

Compartilhe
CONTINUE LENDO

Mais Lidas