conecte-se conosco




BAHIA

Cuidados com a rede elétrica durante os festejos juninos são alertados pela Neoenergia Coelba

O fornecimento de energia pode ser prejudicado em caso de acidentes.

Compartilhe

Publicado

em

Crédito: Divulgação

Desde o momento da montagem da decoração dos arraiais, das quermesses, das barracas, dos palcos e até mesmo das fogueiras, é preciso redobrar os cuidados com a rede elétrica ao seu redor. A Neoenergia Coelba emitiu um alerta para evitar que as festas sejam apagadas por incidentes com a fiação.

“A dica mais importante é não se aproximar dos equipamentos da rede de distribuição e não pendurar nada nos postes. Além de muito perigoso, pode também impactar no fornecimento de energia da região, atrapalhando a folia da época ”, alerta o gerente de Saúde e Segurança da Neoenergia Coelba, Hugo Vidal

Confira os cuidados:

Áreas externas

Enfeites como as típicas bandeirolas, faixas e outros adereços devem ser produzidos com materiais não condutores de eletricidade e não podem ser fixados próximos da fiação elétrica. Jamais devem ser amarrados aos postes da distribuidora ou mesmo aos fios condutores de eletricidade.

Tenha atenção redobrada com a montagem e fixação dos chamados “cordões de luzes” que enfeitam as ruas nesta época do ano. Eles só devem ser feitos com material que não ofereça risco de choque elétrico, além de uma distância de pelos menos 2,5 metros da rede elétrica.

Sempre mantenha distância da rede elétrica e, caso vá soltar fogos de artifício, nunca faça isso em direção aos postes e condutores de energia. Os artefatos só devem ser manuseados por adultos e utilizados em locais distantes da fiação, afastados também de bandeirinhas de papel e de outros materiais inflamáveis.

No caso das fogueiras, elas nunca devem ser acesas próximas aos postes, uma vez que o calor das chamas pode superaquecer a rede e provocar o rompimento da fiação.

Em caso de fio partido, não se aproxime e telefone imediatamente para a Neoenergia Coelba (116).

Não solte balões. Além de ser crime, trata-se de uma brincadeira de alto risco, especialmente se o balão entrar em contato com um fio energizado ou cair dentro de uma subestação. Nesse último caso, até mesmo com risco de explosões.

Não faça ligações clandestinas de energia, também chamadas de “gato”, para iluminar barraquinhas que comercializam comidas típicas e fogos de artifício. Além de sobrecarregar o sistema, elas representam risco de curto-circuito, graves acidentes e é crime previsto no Código Penal Brasileiro.

Dentro das residências

Ao decorar a casa com algum enfeite junino que use energia elétrica, evite extensões e benjamins (o popular “T”). O ideal é contratar um profissional qualificado e certificado para realizar a readequação das suas tomadas.

Respeite os pontos de contato com a energia. Bocais de lâmpadas, por exemplo, não devem ser utilizados como suporte para pendurar enfeites juninos pois, além de choques, essa prática pode provocar incêndios.

Nunca manuseie aparelhos de som, freezers ou geladeiras com o corpo molhado.

Em caso de choque, desligue imediatamente o disjuntor da residência e só depois preste socorro. Se necessário, ligue para o SAMU (192), Corpo de Bombeiros (193) e Neoenergia Coelba (116).

Conteúdo Correio

Compartilhe
CONTINUE LENDO

BAHIA

K-9 da PM localiza 7 tabletes de maconha em área de vegetação

O caso aconteceu na tarde de segunda-feira, 22

Compartilhe

Publicado

em

O caso aconteceu na tarde de segunda-feira, 22. - Foto: Divulgação PM


O cão farejador da Polícia Militar da Bahia ajudou na localização de 7 tabletes de maconha em uma área de vegetação, no bairro Portelinha, em Feira de Santana. O caso aconteceu na tarde de segunda-feira, 22.

Segundo a PM, policiais militares da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT)/Rondesp Leste realizavam ações de policiamento preventivo na região, quando visualizaram diversos homens que, ao perceberem a aproximação dos militares, fugiram por uma área de vegetação.

No local, os militares realizaram buscas com o apoio de um cão farejador, localizando 7 tabletes contendo maconha que foram apresentados na delegacia de Polícia Civil, onde a ocorrência foi registrada.

Compartilhe
CONTINUE LENDO

BAHIA

Eleições 2024: Com mulheres como maioria, TSE divulga perfil do eleitorado de Salvador

A capital baiana conta com 1.969.757 eleitores aptos a votar

Compartilhe

Publicado

em

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou o perfil do eleitorado de Salvador para as eleições de 2024. A capital baiana conta com 1.969.757 eleitores aptos a votar, distribuídos em 19 zonas eleitorais.

A 10ª zona é a que possui o maior número de eleitores na cidade. Do total de eleitores, 55% são mulheres e 45% homens, com a faixa etária predominante entre 45 e 59 anos. Além disso, 819 eleitores estão registrados para votar com nome social.

A maioria dos eleitores soteropolitanos têm ensino médio completo, totalizando 720.268 pessoas, o que representa 36,57% do eleitorado. Outros 316.881 eleitores possuem nível superior completo, correspondendo a 16,09% do total, e 301.962 eleitores têm ensino médio incompleto, representando 15,33% dos votantes.

Em relação ao estado civil, apenas 27% dos eleitores são casados, enquanto 67% são solteiros ou não informaram seu estado civil. Uma expressiva maioria, 94%, não possui informação de cor registrada. Comparado ao pleito de 2020, as eleições de 2024 terão um acréscimo de mais de 70 mil eleitores aptos a votar.

Compartilhe
CONTINUE LENDO

BAHIA

Trem que seguia para manutenção em Alagoinhas descarrila em Pojuca

Não houve registro de feridos.

Compartilhe

Publicado

em

Um trem da empresa VLI descarrilhou na cidade de Pojuca, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), na manhã do último sábado (20).

De acordo com informações da TV Bahia, ele seguia em direção à Alagoinhas, para manutenção, quando dois vagões acabaram saindo dos trilhos. Não houve registro de feridos.

A Superintendência de Trânsito e Transporte de Pojuca, em colaboração com a Guarda Civil Municipal, foi acionada para investigar as causas do acidente e avaliar os danos.

Histórico:

O acidente acontece 41 anos após uma tragédia com trem no município de Pojuca, que deixou quase 100 pessoas mortas. À época, o trem, que transportava combustível, foi atingido por um incêndio de grandes proporções, deixando 99 pessoas mortas, 120 feridas e 2 crianças desaparecidas.

Fonte: Bnews

Compartilhe
CONTINUE LENDO

Mais Lidas