conecte-se conosco




SEGURANÇA

PRF prende motorista totalmente embriagado em Santo Antônio de Jesus

Com a missão de preservar vidas, a PRF destaca-se como um dos principais órgãos responsáveis pela fiscalização da Lei Seca.

Compartilhe

Publicado

em

Foto: divulgação / PRF

Na próxima quarta-feira (19), a Lei Seca completa 16 anos e desde que a normativa entrou em vigor já ajudou a salvar milhares de vidas no trânsito brasileiro, por isso é uma das prioridades nas fiscalizações da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

E apesar de seu rigor no que diz respeito ao consumo de álcool por motoristas, não é difícil encontrar condutores que insistem em dirigir após o consumo de bebida alcoólica. No último domingo (16), policiais rodoviários federais prenderam um homem de 42 anos por dirigir alcoolizado. A prisão aconteceu na altura do quilômetro 264 da BR 101, em Santo Antônio de Jesus, na Bahia.

Era por volta das 16h, equipe da PRF realizava patrulhamento na rodovia voltado à prevenção de acidentes quando flagrou o condutor de um Uno Mille transitando de forma desorientada e em zigue-zague.

O motorista estava prestes a causar um acidente, por estar mudando de faixa constantemente e dirigindo de forma perigosa, colocando em risco a segurança de todos.

De imediato, os PRFs conseguiram interceptar o carro e na abordagem perceberam que o homem apresentava sinais claros de embriaguez como odor etílico, olhos vermelhos, fala arrastada e ideias desconexas. Ele se recusou a soprar o ‘bafômetro’, porém, diante do cenário apresentado, foi lavrado o termo de constatação de embriaguez.

Os policiais descobriram também que ele era inabilitado. Diante do cenário, o homem foi preso em fragrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, para responder pelo crime de embriaguez na direção de veículo automotor, previsto no art. 306 da Lei nº 9.503/97 – CTB, que prevê também uma multa de R$ 2.934,70, valor que dobra em caso de reincidência no período de um ano.

Vigilância constante

A PRF se empenha no combate à embriaguez ao volante com ações educativas, presença constante nas rodovias e uma fiscalização eficiente. As ações são realizadas em pontos estudados previamente, onde, costumeiramente, passam motoristas que bebem e dirigem.

Dados da PRF na Bahia, mostram que de janeiro a dezembro do ano passado, a quantidade de motoristas autuados por dirigir alcoolizado, alcançou 3.049 autos de infração em todo o estado. Desses motoristas flagrados alcoolizados em 2023, 129 condutores foram encaminhados à Delegacia de Polícia para responderem criminalmente, visto que o índice verificado no ‘bafômetro’ foi igual ou superior a 0,34mg/l (miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões).

Vale ressaltar, que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece limite zero para o consumo de álcool pelos motoristas e impõe penalidades severas para quem infringe a norma.

ASCOM

Compartilhe
CONTINUE LENDO

SEGURANÇA

Salvador: Policial militar é atropelado por moto que tentava furar blitz na capital

Publicado

em

Um policial militar foi atropelado por dois homens em uma moto na noite da última sexta-feira (12), durante uma blitz realizada na Avenida Ulysses Guimarães, no bairro de Sussuarana, na capital baiana.

De acordo com a Polícia Militar, a dupla que causou o acidente chegou a ser abordada na blitz, no entanto, ao invés de parar a motocicleta, o condutor avançou contra o militar.

Segundo a TV Bahia, devido ao impacto da batida, a vítima foi arremessada e machucou a cabeça. O agente foi socorrido e encaminhado para o Hospital Roberto Santos, na capital baiana, onde segue internado e tem estado de saúde estável.

Já o condutor da moto, que também ficou ferido, foi atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para uma unidade de saúde. Não há detalhes sobre o estado de saúde dele. A dupla foi presa.

Compartilhe
CONTINUE LENDO

SEGURANÇA

Mulher reage a assédio sofrido em academia e agride homem em Santo Amaro

A mulher vinha sofrendo perseguições há um ano.

Compartilhe

Publicado

em

Foto: Reprodução/Freepik

Uma mulher, que reside no município de Santo Amaro, foi filmada agredindo um homem, na saída da academia, na última quinta-feira (11/7).

Em depoimento concedido ao programa Alô Juca, exibido nesta sexta-feira (12/7), Cristine relatou estar sendo perseguida pelo homem há um ano. O agressor, mesmo após a denúncia, seguiu ameaçando a vítima, afirmando que “pegaria” a mulher em frente à academia.

“Eu reagi as agressões dele, eu não estava aguentando mais. Ele ia ao meu local de trabalho, eu era assediada. Não dei continuidade a queixa pelas ameaças“, relatou Cristine durante o programa.

Ainda de acordo com a produção do programa, uma guarnição da Polícia Militar foi acionada para conduzir o homem até a Delegacia Territorial (DT) de Santo Amaro. O Aratu On aguarda nota sobre o ocorrido da Polícia Civil.

AratuOn

Compartilhe
CONTINUE LENDO

SEGURANÇA

Feira de Santana: Mulher é suspeita de mandar matar o próprio cunhado

Jovem de 21 anos foi assassinado enquanto dormia, em Feira de Santana. Polícia diz que suspeita era contra o relacionamento do irmão.

Compartilhe

Publicado

em

Foto: Reprodução/ TV Subaé

Uma mulher é suspeita de ser mandante do homicídio do próprio cunhado, em Feira de Santana, a cerca de 77 km de Cruz das Almas.

A informação é da Polícia Civil.

O crime ocorreu na madrugada de 2 de julho, no bairro Gabriela.

A vítima é Renato de Jesus Junior, de 21 anos. O jovem dormia ao lado do namorado, identificado como Maurício, quando dois homens invadiram o quarto e atiraram contra ele. O companheiro do rapaz saiu ileso do atentado.

É diante desses fatos e dos depoimentos já colhidos que a principal linha de investigação da polícia aponta para a cunhada de Renato. De acordo com o delegado à frente do caso, Gustavo Coutinho, a mulher era contra o namoro do irmão — há relatos de que a relação era abusiva.

“Ela alegava que a vítima agredia bastante seu irmão e, por conta disso, ela era contra o relacionamento, assim como toda a família”, disse o delegado. Os parentes, inclusive, teriam proibido Renato de frequentar a casa de Maurício, mas ainda assim ele estava no local na madrugada em que foi assassinado.

O investigador acrescenta ainda que a mulher teria feito uso de drogas no dia do crime. Momentos antes do assassinato, ela teria saído da casa, levando seus dois filhos, o que aumentou as suspeitas de que ela sabia o que iria acontecer.

Mas a mulher nega a autoria. Ela prestou depoimento e foi liberada. Até então, a polícia não descartou outras hipóteses no caso e segue investigando a morte.

G1 Bahia

Compartilhe
CONTINUE LENDO

Mais Lidas