conecte-se conosco




SEGURANÇA

Soldado suspeito de matar gerente de mercado em Saubara é preso após fugir de batalhão

Militar foi recapturado nesta sexta-feira (29), em Feira de Santana.

Compartilhe

Publicado

em

Foto: Divulgação/PMBA

O soldado da Polícia Militar principal suspeito de matar a gerente de mercado Juliana de Jesus Ribeiro, no recôncavo baiano, foi preso nesta sexta-feira (29), em Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador.

Ele havia fugido da Coordenadoria de Custódia Provisória (CCP), em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, na manhã de quarta (27).

Segundo a Polícia Militar, o policial foi localizado por uma equipe de inteligência da corporação. Após ser submetido a exame de corpo delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT), ele será custodiado à disposição da justiça.

Fuga de unidade policial

A gerente de mercado Juliana Ribeiro, de 30 anos, foi morta na cidade de Saubara, no recôncavo baiano, em junho de 2022.

O soldado, suspeito de ter cometido outro homicídio na região de Feira de Santana, foi preso quase um ano e meio depois, em uma operação que investigou a participação de PMs em milícias na região de Santo Estevão, também no interior da Bahia.

A fuga dele nesta semana ainda é investigada. A PM também instaurou um inquérito policial militar (IPM) para apurar as circunstâncias da fuga.

Saiba como aconteceu a fuga:

  • Durante a revista das celas, o soldado e outros custodiados foram transferidos para uma quadra/ solário da unidade;
  • Informações preliminares passadas pela PM indicam que o fugitivo se feriu ao pular do muro.

Com isso, o suspeito foi alvo da “Operação Sangue Frio”, realizada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) e pela Secretaria de Segurança Pública do estado (SSP-BA) na quarta.

Conteúdo G1

Compartilhe
CONTINUE LENDO

SEGURANÇA

Três pessoas são baleadas em Santo Antônio de Jesus

A Polícia Civil investiga o caso.

Compartilhe

Publicado

em

Foto: reprodução

Três pessoas, sendo dois homens e uma mulher, foram baleadas durante um ataque a tiros na noite desta quarta-feira, 17, na rua Ferreira Silva, no bairro Andaiá, em Santo Antônio de Jesus.

De acordo com informações, a mulher é menor de idade e teria sido atingida na coxa.

Equipes do SAMU foram acionadas e socorreram as vítimas para o Hospital Regional (HRSAJ). O estado de saúde delas não foi revelado.

As circunstâncias do crime não foram divulgadas. A Polícia Civil investiga o caso.

FORTE NA NOTÍCIA

Compartilhe
CONTINUE LENDO

SEGURANÇA

Esposa de PRF é baleada no rosto durante tentativa de assalto em Salvador

Caso aconteceu no início da tarde desta quarta-feira (17/7), na Avenida Carybé.

Compartilhe

Publicado

em

Foto: Arquivo pessoal

Uma mulher, de 57 anos, que ainda não teve a identidade revelada, foi baleada no rosto durante uma tentativa de assalto no início da tarde desta quarta-feira, 17, na Avenida Carybé, no bairro de São Cristóvão, em Salvador.

De acordo com informações iniciais apuradas pela repórter Lara Linhares, da TV Aratu, a vítima, que é esposa de um agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), estava no carro junto com o marido, no que parece ter sido uma tentativa de assalto. Eles tinham saído de Stella Maris. O carro ficou cravejado de balas.

Ela está sendo atendida no Hospital Aeroporto, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). A mulher foi levada para a unidade médica pelo próprio companheiro, que dirigia o veículo. Não há mais informações sobre o estado de saúde dela.

Em nota, a Polícia Civil informou que investiga a ocorrência de lesão corporal e disparo de arma de fogo ocorrido no viaduto Mãe Estela de Oxossi, no trecho de São Cristovão. Diligências estão em andamento para identificação e localização dos suspeitos.

AratuOn

Compartilhe
CONTINUE LENDO

SEGURANÇA

Homem vai à delegacia prestar queixa e acaba preso em Feira de Santana

De acordo com delegada, ele tinha mandado de prisão em aberto.

Compartilhe

Publicado

em

Foto: Sinspeb / Divulgação

Um homem foi à delegacia, na noite de segunda-feira (15), em Feira de Santana, a 108 km de Salvador, prestar queixa e acabou sendo preso.

De acordo com a delegada Lorena Almeida, ao consultar o nome dele no sistema, a polícia descobriu que existia um mandado de prisão em aberto por falta de pagamento de pensão alimentícia. A polícia deu voz de prisão ao homem que é morador de Feira.

Ainda de acordo com a delegada, é procedimento padrão da polícia a consulta dos antecedentes criminais de todas as pessoas que vão registrar um boletim de ocorrência. O homem teria alegado que foi agredido pela ex-companheira e que por isso queria prestar queixa de lesão corporal.

A delegada não soube informar se a ex-companheira a que ele se referia na queixa é a mãe da criança que entrou com o pedido de pensão. O homem foi encaminhado para o conjunto penal de Feira de Santana.

Conteúdo G1

Compartilhe
CONTINUE LENDO

Mais Lidas