conecte-se conosco



GERAL

Zelensky na abertura de Davos: Ucrânia é precedente para o que pode acontecer no mundo

Presidente ucraniano falou na inauguração do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, que acontece esta semana após dois anos cancelado.

Compartilhe

Publicado

em

Foto: Ukrainian President's Office via Zuma Press Wire Service / dpa

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, apelou ao mundo que crie novas ferramentas para prevenir novas guerras. Zelensky falou ao público do Fórum Econômico Mundial, que começou nesta segunda-feira (23) e acontece ao longo desta semana em Davos, na Suíça.

“Vemos que o mundo escuta e acredita na Ucrânia, mas precisamos aprender a como prevenir esse tipo de guerra no futuro. Não esperem que a Rússia usem as armas químicas, biológicas e nucleares. Protejam a liberdade, para que a Rússia e qualquer outro país do mundo que pense em invadir seu vizinho tenha sanções imediatas”, discursou o presidente. “Nós oferecemos ao mundo um precedente do que pode acontecer quando uma guerra destrói a liberdade das pessoas”.

Muito aplaudido pela plateia do fórum, que este ano baniu a participação da Rússia, Zelensky propôs que o mundo crie um protocolo de atuação preventiva quando um país ameace atacar outro, aplicando sanções já nesse momento.

“É preciso que haja um precedente de punição aos agressores. Se o agressor perder tudo, isso será o preço que terminará com a motivação para que comece ou continue uma guerra. O mundo ainda não tem as ferramentas prontas para isso. A motivação para nós é muito simples: a humanidade deveria ter as ferramentas para se proteger contra a fome”.

Um dos principais pontos de debate em Davos será o preço para a reconstrução da Ucrânia, já estimado em trilhões de euros por autoridades da União Europeia, e formas de financiá-lo.

Zelensky na abertura de Davos: Ucrânia é precedente para o que pode acontecer no mundo

Compartilhe
CONTINUE LENDO

GERAL

Mais de 40 pessoas são encontradas mortas em caminhão abandonado nos EUA

O Departamento de Segurança Interna dos EUA investiga o caso, e policiais fazem buscas pelo motorista do veículo.

Compartilhe

Publicado

em

Foto: Reprodução Redes Sociais

Ao menos 42 pessoas foram encontradas mortas nesta segunda-feira (27) dentro e ao redor de um caminhão abandonado na cidade de San Antonio, no estado do Texas, nos Estados Unidos. Acredita-se que as vítimas sejam imigrantes que entraram no país de maneira irregular. As informações são do jornal The New York Times.

Outras 12 pessoas foram encontradas com vida e levadas para hospitais locais, segundo autoridades. O Departamento de Segurança Interna dos EUA investiga o caso, e policiais fazem buscas pelo motorista do veículo.

O caminhão foi deixado perto de uma linha de trem e de um terreno com carros abandonados em uma área remota na zona sul da cidade. Imagens publicadas nas redes sociais mostram carros da polícia e ambulâncias ao redor do veículo.

A causa das mortes e as nacionalidades das vítimas ainda são desconhecidas. O ministro de Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, afirmou que o cônsul mexicano está indo para o local.

San Antonio, no estado do Texas, fica a aproximadamente 250 quilômetros da fronteira com o México. A cidade registrou forte calor nesta segunda, com temperatura máxima de 39,4ºC.

Bahia Notícias

Compartilhe
CONTINUE LENDO

GERAL

Cantor Tarik Lima e namorada morrem após colisão entre moto e carro, na BR-101, na Grande João Pessoa

Cantor Tarik Lima e a companheira, Gabrielle Oliveira, estavam em uma moto no sentido Campina Grande-João Pessoa, quando aconteceu o acidente.

Compartilhe

Publicado

em

Foto: Reprodução

O cantor Tarik Lima morreu na madrugada deste domingo (26), após um acidente na BR-101, em Bayeux, na Grande João Pessoa. Ele estava em uma moto com a namorada Gabrielle Oliveira, de 22 anos, quando houve a colisão com um carro. A jovem que estava na garupa morreu no local. O músico foi levado ao Hospital de Trauma, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo a equipe de produção do cantor, após o acidente que aconteceu na madrugada da sexta-feira (24), Tarik, que estava internado, se preparava para fazer uma cirurgia de amputação de uma das pernas devido a uma bactéria, mas sofreu uma parada cardíaca e morreu horas após a morte da namorada, da qual ele já havia sido informado.

Conforme o Hospital de Trauma, o corpo do cantor já foi liberado e seguiu para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol).

Nas redes sociais, fãs e amigos relataram que Tarik era um jovem que teria uma carreira de sucesso. “Tarik estava no início de um grande sonho”, contou uma fã.

O velório deve acontecer a partir das 8h, em uma funerária de João Pessoa, segundo informou a equipe do cantor.

Conteúdo G1

Compartilhe
CONTINUE LENDO

GERAL

Cantora mexicana de 21 anos é morta a tiros pelo próprio marido

Yrma Lydia teve a morte confirmada pela sua equipe no último sábado (25).

Compartilhe

Publicado

em

Foto: Divulgação

A cantora Yrma Lydia, de 21 anos, foi morta a tiros pelo próprio marido na última quinta-feira (23). A morte foi confirmada neste sábado (25) pela imprensa mexicana. O crime acontece em um restaurante na zona sul da Cidade do México.

A artista era casada, segundo a imprensa local, com o advogado Jesús Hernández Alcocer, de 79 anos. De acordo com a publicação do jornal El Universal uma equipe de resgate chegou a ser acionada para atender a cantora. Contudo, ao chegarem ao local, perceberam que ela já não apresentava mais sinais vitais devido aos ferimentos provocados pelas balas. Testemunhas relatam que, antes do crime, ela e o marido estavam discutindo.

Nas redes sociais, a família e equipe da cantora se manifestou. “Agradecemos as demonstrações de carinho para com Yrma Lydya e nossa família. No momento não haverá declaração. Pedimos sua compreensão e seu apoio nestes tempos difíceis. Recordemos Yrma Lydia com tanto talento, alegria e entusiasmo pela vida como tinha”, diz o texto publicado no perfil oficial da cantora no Instagram.

Famosa no México, a artista começou a carreira com o álbum “God’s Gift” lançado em 2015. Em seguida, no ano de 2017, ela lançou “Talking”, quando começou a se apresentar na televisão e em shows. Em 2019, estreou o álbum “Eternamente”.

Metro1

Compartilhe
CONTINUE LENDO

Mais Lidas

novo