conecte-se conosco



SEGURANÇA

Polícia detém repórteres da Veja durante investigação sobre morte de miliciano na Bahia

Publicado

em

Dois repórteres da revista Veja foram detidos na manhã de hoje (14) enquanto tentavam localizar o fazendeiro Leandro Abreu Guimarães, testemunha-chave para esclarecer as circunstâncias da morte do ex-capitão da polícia do Rio de Janeiro Adriano da Nóbrega. A informação foi confirmada pela direção do jornal em reportagem divulgada no início da tarde. O repórter Hugo Marques e o repórter fotográfico Cristiano Mariz, ambos da Veja tentavam entrevistar o fazendeiro, quando foram cercados por duas viaturas da Polícia Militar da Bahia.

A dupla estava dentro de um carro no momento da abordagem, se identificaram e exibiram suas credencias de imprensa. Ainda assim, os policiais, de armas em punho, determinaram que os dois saíssem do carro, levantassem as mãos, abrissem as pernas para serem revistados. “Como é que vocês descobriram esse endereço?”, indagou várias vezes um dos soldados.

Depois da revista, a polícia apreendeu o gravador do jornalista. Nele, havia diversas entrevistas feitas ao longo da semana sobre a controversa operação que resultou na morte de Adriano da Nóbrega. Os jornalistas receberam a ordem de seguir as viaturas até o distrito policial de Pojuca.

Lá, agentes da polícia civil voltaram a questioná-los sobre o motivo da presença deles na cidade. Leandro Abreu é o fazendeiro que deu abrigo ao ex-capitão no município de Pojuca e uma das últimas pessoas a vê-lo com vida. Na delegacia, o gravador foi devolvido e os jornalistas liberados após 20 minutos. Um agente que se identificou como Sérgio Pinheiro informou à Veja que a detenção dos repórteres foi uma medida de segurança. “Eles estavam parados em frente à residência de uma testemunha desse caso aí”, explicou.

Compartilhe
CONTINUE LENDO

SEGURANÇA

Policiais apreendem 40 quilos de maconha e armas em nova fase de operação em SAJ

Publicado

em

Foto: Polícia Civil

Quarenta quilos de maconha, cocaína, três armas, 123 munições, dez carregadores, duas balanças, anotações da contabilidade do tráfico e dois celulares foram apreendidos, em Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano, nesta quarta-feira (25), durante a Operação SAJ Forte.

As diligências foram realizadas no bairro Alto de Santo Antônio, por equipes da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e das Delegacias Territoriais daquela cidade e de Laje.

“Recebemos denúncias de tráfico de drogas e homens armados na Rua Santa Rita, e deslocamos para o endereço, onde fomos recebidos a tiros”, informou o coordenador regional de SAJ, delegado Joaquim José Pereira de Souza.

O delegado informou que o local onde o material foi apreendido – um bar em construção com uma ampla piscina – era usado para armazenar drogas, munições e armas, além de fazer festas com usos de entorpecentes.

A Polícia Civil informou que as ações terão desdobramentos, com o objetivo de encontrar suspeitos que tenham mandados de prisão em aberto.

Desde o início da Operação SAJ, em março deste ano, três pessoas foram presas e foram apreendidos carro, roupas camufladas, armas, munições, balança, dinheiro, drogas, celulares e anotações do tráfico.

Conteúdo G1

Compartilhe
CONTINUE LENDO

SEGURANÇA

Ilha de Itaparica: Ladrões invadem imóvel, agridem moradores, danificam móveis e tentam violentar uma das vítimas

O caso está sendo investigado pela Delegacia Territorial.

Compartilhe

Publicado

em

Cinco homens invadiram uma residência na madrugada desta terça-feira (24) no bairro da Misericórdia, em Itaparica, município de Vera Cruz. O caso aconteceu por volta das 3h, segundo informou as forças de segurança.

Armados com pistolas, os suspeitos reviraram o imóvel a procura de objetos de valor e ainda agrediram as vítimas, incluindo idosos. Durante a ação, os bandidos ainda tentaram violentar uma mulher, mas acabaram desistindo depois que a vítima implorou para não ser violentada.

Após o crime, o bando fugiu do local. O caso está sendo investigado pela Delegacia Territorial.

FORTE NA NOTÍCIA

Compartilhe
CONTINUE LENDO

SEGURANÇA

Veículo clonado é apreendido pela PM em Santo Antônio de Jesus

Publicado

em

Foto: divulgação

A Polícia Militar apreendeu um veículo clonado na tarde de ontem, 24, em Santo Antônio de Jesus. O caso aconteceu na rua Teodoro Dias Barreto, no bairro Andaiá, por volta das 14h40.

Segundo a PM, uma guarnição estava realizando rondas de rotina quando avistou o veículo com características adulteradas.

O carro foi apresentado na sede da 4ª COORPIN, em Santo Antônio de Jesus. Não há informações sobre prisões.

FORTE NA NOTÍCIA

Compartilhe
CONTINUE LENDO

Mais Lidas

novo