conecte-se conosco




ESPORTE

Bahia vence o Volta Redonda e abre vantagem em decisão na Copa do Brasil

Tricolor jogará pelo empate na volta para ir às oitavas de final.

Compartilhe

Publicado

em

Foto: Rafael Machaddo/EC Bahia

O Bahia abriu vantagem na luta por uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil ao vencer o Volta Redonda por 2×1 no jogo de ida da terceira fase, nesta terça-feira (11), no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

O tricolor não iniciou bem o duelo, mas conseguiu se encontrar na partida e começou a construir o triunfo ainda no primeiro tempo, com Biel. No segundo, o zagueiro Gabriel Bahia empatou para o time do interior do Rio de Janeiro e Gabriel Xavier deu a vitória ao Esquadrão.

O jogo de volta será no dia 27 de abril, na Fonte Nova, e o Bahia tem a vantagem do empate. Derrota por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis. Antes disso, estreia no Brasileirão, sábado, às 18h30, contra o Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista.

Sem Marcos Victor e Cauly, Renato Paiva optou pela entrada de Gabriel Xavier na defesa e escalou Yago Felipe no meio-campo. Com isso, Daniel foi avançado para fazer o papel de meia armador e encostar nos atacantes. Novidade entre os relacionados, Ademir ficou como opção no banco.

O Volta Redonda começou o jogo pressionando a saída de bola, estratégia que causou dificuldades para a equipe baiana na construção de jogadas. O Voltaço, aliás, chegou a balançar as redes com o atacante Skilo após escanteio, aos cinco minutos, mas o impedimento foi marcado.

O Bahia se soltou um pouco mais no decorrer da partida, mas sentiu muita dificuldade para ficar com a bola. O time se viu encaixotado na marcação do rival em boa parte do primeiro tempo e não apresentava segurança defensiva quando o Volta Redonda buscava o contra-ataque.

A primeira grande chance tricolor só aconteceu aos 32 minutos. Em lance individual, Biel passou por dois marcadores, bateu forte e o goleiro Vinícius defendeu. O camisa 11 foi o nome dos visitantes na primeira etapa.

O gol saiu aos 38 minutos, em rápido contra-ataque. Depois de Gabriel Xavier cortar um chute adversário na área, Jacaré afastou a bola da defesa, Daniel lançou para Everaldo, que ganhou da marcação e deu um bom passe para Biel. O atacante chutou forte, cruzado, e abriu o placar.

SEGUNDO TEMPO

O gol animou o Bahia, que voltou do intervalo mais solto e com maior presença ofensiva na comparação com a primeira etapa. Biel e Everaldo receberam bolas em condição de progredir, mas faltou acertar o passe.

O problema é que aos poucos o Volta Redonda ‘subiu as linhas’ de marcação outra vez e passou a pressionar a saída de bola. Em uma das roubadas, Berguinho chutou de fora da área, acertou Kanu e ganhou escanteio. Na cobrança, o zagueiro Gabriel Bahia subiu mais do que a defesa tricolor e empatou aos 13 minutos.

O Volta Redonda, no entanto, nem teve tempo para comemorar. Apenas três minutos depois, Biel cobrou falta na área e Gabriel Xavier, também de cabeça, fez o gol e recolocou o Esquadrão em vantagem no Rio de Janeiro.

Renato Paiva fez então as primeiras mudanças e promoveu a estreia de Ademir, que entrou na vaga de Daniel. Mugni também foi para o jogo no lugar de Acevedo. A reta final da partida foi aberta, com chances para os dois lados.

Na primeira participação, Ademir disparou em velocidade pela ponta direita, entrou na área e tentou o cruzamento para Everaldo, só que a marcação cortou. A resposta do Volta Redonda veio com Marcelo, que saiu na cara do gol e cabeceou livre. Marcos Felipe salvou o Bahia.

Utilizando os lados do campo, o time da casa colocou velocidade pra cima do time baiano e pressionou muito – Marcos Felipe teve que aparecer em pelo menos três oportunidades. Mas nem mesmo os oito minutos de acréscimos dados pela arbitragem foram suficientes para alterar o placar e o Esquadrão confirmou o triunfo fora de casa.

Conteúdo Correio

Compartilhe
CONTINUE LENDO

ESPORTE

Vitória tem sequência contra equipes do Z4 e mira o primeiro triunfo na competição

Rubro-Negro baiano enfrenta Atlético-GO, Cuiabá e Juventude nos próximos jogos.

Compartilhe

Publicado

em

Foto: Victor Ferreira/EC VITÓRIA

Após a eliminação na Copa do Brasil, o Leão da Barra se prepara para três finais antecipadas no Brasileirão, na qual terá em sua sequência rivais direto na briga contra o Z4. Vale ressaltar que o clube baiano ainda não venceu na competição.

O primeiro desses compromissos é contra o Atlético-GO no Barradão, no sábado, 1°, ás 16h, no retorno do campeonato. O rubro-negro contará com o apoio de sua torcida para poder garantir sua primeira vitória e conseguir um alivio, além de dar uma resposta a torcida que vem lotando o estádio em todos os jogos.

Já na próxima quarta-feira, 05, ás 20h, o clube visitará o Cuiabá, jogo válido pela segunda rodada do Brasileiro. É de referir que o adversário do Leão é o lanterna e também ainda não venceu na competição.

Pra finalizar essa sequência, o clube visitará o Juventude na terça, 11. O time baiano tem que pontuar nesses jogos, principalmente por serem clubes que brigam com ele na parte debaixo da tabela.

FORTE NA NOTÍCIA

Compartilhe
CONTINUE LENDO

ESPORTE

Após pausa no Brasileirão, Bahia tentará quebrar jejum de quatro anos contra o Atlético-MG

Esquadrão encara o Galo neste domingo (2), na MRV Arena

Compartilhe

Publicado

em

Com a Copa do Nordeste no passado, o Bahia voltará a focar no Campeonato Brasileiro, após a competição ter ficado paralisada por duas semanas por conta da tragédia climática que atingiu o Rio Grande do Sul. Neste domingo, às 16h, o Esquadrão encara o Atlético-MG em mais um duelo direto entre clubes que lutam na parte de cima da tabela. Em Belo Horizonte, o time baiano tem a missão de quebrar um jejum que dura quatro anos

Desde 2019, o tricolor não vence o Galo fora de casa. Pelo Brasileirão daquele ano, o atacante Gilberto marcou o gol do triunfo por 1×0, no estádio Independência. De lá para cá, as duas equipes se enfrentaram outras quatro vezes em solo mineiro, com um empate e três derrotas do Esquadrão.

Mais do que o bom retrospecto na história dos confrontos, a partida deste domingo envolve uma disputa por posições. O Bahia largou bem na Série A e vive grande fase: é o atual vice-líder, com 13 pontos em 18 disputados. A pontuação é a mesma do Athletico-PR, que lidera o torneio por ter melhor saldo de gols.

Já o Atlético-MG é o 7º colocado, com nove pontos e um jogo a menos do que o clube baiano. Por isso, pontuar fora de casa é essencial para seguir na parte de cima e não deixar que um adversário direto encoste. Internamente, no entanto, o tricolor sabe que o duelo não será nada fácil.

Entre os pontos que preocupam o técnico Rogério Ceni, está a intensidade do rival. Junto com o próprio Bahia e o Athletico-PR, o alvinegro tem o terceiro melhor ataque do Brasileirão, com nove gols. As equipes ficam atrás apenas de Botafogo e São Paulo, que balançaram as redes 12 e 10 vezes, respectivamente.

“Um jogo muito difícil. Se eu disser que vamos lá tomar conta do jogo, vai ser mentira. Sempre jogamos para vencer, mas vamos precisar suportar, é um time que joga em intensidade muito alta. Queremos fazer uma boa apresentação lá, mas isso não é garantia de sucesso. Estamos bem no campeonato brasileiro, mas vamos ter jogos muito difíceis. É até atípico conseguir quatro triunfos em seis jogos. Temos que pensar sempre no próximo jogo. A mentalidade é essa”, afirmou o técnico Rogério Ceni.

Por falar em ataque, a partida entre Bahia e Atlético-MG pode proporcionar o encontro dos dois artilheiros da Série A. Everaldo, pelo Bahia, e o chileno Vargas, pelo Galo, estão empatados entre os principais goleadores da competição, ambos com três tentos.

O centroavante tricolor, no entanto, se recupera de uma fratura na costela e vai ser avaliado durante a semana. Contra o CRB, pela Copa do Nordeste, o camisa 9 ficou no banco de reservas e entrou em campo apenas nos minutos finais, para cobrar o pênalti.

Quem está de volta é o meia Carlos de Pena. Espécie de 12º jogador do Esquadrão, o uruguaio ficou fora da última partida pois não estava inscrito na Copa do Nordeste.

REENCONTRO

Apesar de saber que o jogo fora de casa será muito difícil, os tricolores têm motivos de sobra para recordar a partida contra o Atlético-MG. No ano passado, o Bahia goleou o rival por 4×1, na Fonte Nova, e escapou da queda para a Série B na última rodada do Campeonato Brasileiro. Cauly, Juba, Thaciano e Ademir marcaram os gols, enquanto Paulinho descontou.

Correio da Bahia

Compartilhe
CONTINUE LENDO

ESPORTE

CBF marca partida entre Vitória e Cuiabá pelo Brasileirão; veja dia e horário

O confronto será disputado no dia 5 de junho, uma quarta-feira, às 20h, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Compartilhe

Publicado

em

Foto: Victor Ferreira/ECVITORIA

A CBF marcou o dia e horário da partida entre Cuiabá e Vitória, válida pela segunda rodada do Brasileirão e que está atrasada. O confronto será disputado no dia 5 de junho, uma quarta-feira, às 20h, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

O duelo havia sido adiado no início do Campeonato Brasileiro para que o Cuiabá pudesse enfrentar o Vila Nova, pela Copa Verde. Por conta da alteração, o Vitória está com um jogo a menos do que boa parte dos clubes que disputam a Série A.Antes de enfrentar o Cuiabá, o Vitória tem compromisso contra o Atlético-GO, neste sábado (1º), às 16h, no Barradão.

A partida marca o retorno do Campeonato Brasileiro após a paralisação de duas semanas em solidariedade aos clubes do Rio Grande do Sul após as enchentes que atingiram o estado.

O rubro-negro busca o primeiro triunfo no Brasileirão e vive situação complicada no torneio. Em seis jogos, o Leão somou apenas um ponto e atualmente ocupa a 18ª colocação.

Correio da Bahia

Compartilhe
CONTINUE LENDO

Mais Lidas